14 de fev de 2012

A política comanda a educação brasileira

Por Julio César Cardoso
 
O Brasil precisa urgentemente atacar, com políticas públicas sérias, o seu tripé principal: Educação, Segurança e Saúde. Não se compreende por que o investimento em educação é tratado de forma política e não como uma obrigação constitucional. Temos hoje professores desmotivados, sem salário adequado, e escolas públicas sucateadas pelo país afora. Enfim, não se dá o devido valor à educação brasileira. Recentemente, foi indicado para a pasta da educação o político "profissional", Aloizio Mercadante, nada contra este senhor, mas ele não entende nada da área.

É a indicação política que continua a corromper as nossas instituições. Quantos profissionais da área de educação, competentes e apolíticos, existem, e o governo federal foi lançar mão logo do senhor Aloizio Mercadante, sem conhecimento da área? Esta é a prova incontroversa do menoscabo federal com a educação brasileira. Ler Mais>>>

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar

Ocorreu um erro neste gadget

De o Osso ao Cachorrinho