7 de ago de 2011

QUEREM PODAR NOSSA LIBERDADE NA INTERNET!


Na semana que vem, o Congresso poderá votar um projeto de lei que restringiria radicalmente a liberdade da internet no Brasil, criminalizando atividades on-line cotidianas tais como compartilhar músicas e restringir práticas essenciais para blogs. Temos apenas seis dias para barrar a votação.

A pressão da opinião pública derrotou um ataque contra a liberdade da internet em 2009 e nós podemos fazer isso de novo! O projeto de lei tramita neste momento em três comissões da Câmara dos Deputados e esses políticos estão observando atentamente a reação da opinião pública nos dias que antecedem à grande votação. Agora é nossa chance de lançar um protesto nacional e forçá-los a proteger as liberdades da internet.

O Brasil tem mais de 75 milhões de internautas e se nos unirmos nossas vozes poderão ser ensurdecedoras. Envie uma mensagem agora mesmo às lideranças das comissões de Constituição e Justiça, Ciência e Tecnologia e Segurança Pública e depois divulgue a campanha entre seus amigos e familiares em todo o Brasil!

No link abaixo você poderá acessar o site da AVAAZ e enviar sua mensagem aos parlamentares:


Compartilhe, divulgue em todas as suas redes sociais, familiares, amigos, no trabalho, onde puder.

Há uma notória tentativa de golpe neste país, por meios obscuros que têm por finalidade PODAR a comunicação entre o povo brasileiro, impedindo assim o conhecimento, a conscientização.

JÁ NÃO BASTA TODOS OS NOSSOS DIREITOS esmagados pelo rolo compressor de uma minoria???

Somos a MAIORIA e com isso a capacidade de derrubarmos qualquer sistema opressor.

CONTO COM SUA MOBILIZAÇÃO!

Abraços.

Wagner Marins.

Governo enfrenta dificuldades e oposição cai no ridículo

Senador tucano Álvaro Dias
Por: Ricardo Kotscho

O cenário político visto de Brasília na semana da volta do recesso no Congresso Nacional não poderia ser mais melancólico e preocupante.
Que o governo Dilma Rousseff, como quase todos os governos do mundo, a cada dia enfrenta maiores dificuldades tanto na economia como na articulação política, estamos carecas de saber (no meu caso, literalmente...).
Pior ainda, no caso brasileiro, é a situação em que se encontra a oposição. De um quadro de fragilidade e esvaziamento que já vinha se agravando, o quadro clínico está evoluindo para o ridículo.
Sob o comando do impagável (também literalmente) senador tucano Álvaro Dias, aquele das aposentadorias como ex-governador do Paraná, que passa o tempo todo feito um bedel com uma lista na mão tentando recolher assinaturas para abrir uma CPI, qualquer uma, a oposição demotucana vive seu pior momento desde que foi apeada do poder em 2002.
Na atual legislatura, ainda não fez outra coisa. Parece que instalar uma CPI para fustigar o governo foi tudo o que restou a fazer para os partidos oposicionistas, sem discurso, sem programa, sem líderes e, ainda por cima, às voltas com disputas internas.
Não há debate político sério no Congresso Nacional sobre nenhum assunto. Para completar o clima de salve-se quem puder, o balaio de partidos aliados do governo voltou das férias em clima de beligerância, com medo de que a "faxina geral" de Dilma no combate à corrupção, que começou pelos Transportes,  se extenda a outros ministérios.
Para acalmar sua tropa, Dilma anunciou que vai liberar dinheiro para as emendas parlamentares, provavelmente procurará distribuir vagas ainda abertas no segundo escalão e já encarregou a ministra Ideli Salvatti de almoçar e jantar com todo mundo para dar atenção aos descontentes.
Mesmo com o apoio popular que a divulgação do próximo Ibope deve apontar, como antecipamos aqui no Balaio, dificilmente a presidente Dilma prosseguirá com o mesmo ímpeto na sua faina para varrer a corrupção da Esplanada dos Ministérios. A esta altura do campeonato, esticar a corda pode ser perigoso.
Novo PSD é um partido "fake"?
Se este é o quadro pouco animador revelado na primeira semana de agosto (agosto, lembrem-se!) tanto pelo governo como pela oposição, melhores não são as perspectivas do novo PSD do prefeito Gilberto Kassab, que faz questão de dizer que não é governo nem oposição, muito pelo contrário.
A cada dia surgem novas denúncias sobre a farsa montada para legalizar a criação do novo partido, com assinaturas falsas, apoio de eleitores defuntos, listas suspeitas, etc.
Nesta quinta-feira também ficamos sabendo, em reportagem da "Folha", que o PSD está utilizando um "modelo único" para as atas de formação dos diretórios em pelo menos três Estados, inclusive com os mesmos erros de português.
Uma das pérolas dos seguidores kassabianos registradas nas atas em diferentes cidades:
"A unanimidade dos presentes aplaudiram (!) em aclamação...".
Além de estapear a língua pátria, o PSD já surge com os defeitos que os outros levaram anos para desenvolver na tentativa de enganar o eleitor. É o nosso primeiro grande partido "fake" de nascença.
Jobim está pedindo as contas
Nunca tinha visto um ministro insistir tanto em ser mandado embora e ninguém dar ouvidos aos seus seus apelos como está acontecendo agora com Nelson Jobim, o ainda ministro da Defesa.
O que faltava ainda? Bem, se algum motivo faltava, agora não falta mais. Em entrevista à revista "Piauí", que vai para as bancas amanhã, Jobim simplesmente detona o coração do governo Dilma instalado no Palácio do Planalto.
Chama a ministra Ideli Salvatti de "muito fraquinha" e diz que a chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmannn, "nem sequer conhece Brasília".
Não que o quase ex-ministro esteja falando alguma grande mentira ou novidade, mas é estranho que até o momento em que escrevo, na hora do almoço, ele ainda esteja no cargo. Até quando?
Em tempo (às 14h):
para obter uma resposta à pergunta acima, liguei logo cedo para a jornalista Helena Chagas, ministra da Comunicação, mas até o momento não obtive retorno. Informaram-me que ela estava em reunião no gabinete da presidente Dilma Rousseff.
A amiga deve ter outras prioridades no atendimento à imprensa. É muito justo. Quando eu ocupava este lugar, no começo do governo Lula, achava mais fácil e mais justo atender a todos da mesma forma.
Desconfio, porém, que alguns colegas de outros veículos estão se tornando os verdadeiros porta-vozes do governo.

Trecho da rodovia Carlos Lindenberg está interditado em Vila Velha

Foi criado um desvio no trânsito e uma via funciona em mão dupla.
Serviço prepara a área para receber corredor exclusivo para ônibus.

Rodovia Carlos Lindenberg está interditada (Foto: Divulgação/ PMVV)
Parte da rodovia Carlos Lindenberg, em Vila Velha, vai ficar interditada por, pelo menos, 60 dias. A interdição começou neste sábado (6) na altura do bairro Nossa Senhora da Penha, entre o trevo da avenida Darly Santos e o hipermercado da região. Segundo a prefeitura, obras para nivelar a via no sentido Vila Velha-Vitória iniciam nesta segunda-feira (8). O serviço também prepara a área para receber corredor exclusivo para ônibus.
Foi criado um desvio no trânsito e uma via funciona em mão dupla. Além de nivelar a rodovia, as obras preveem a construção de 500 metros de galeria de rede de drenagem, elevação do nível da pista e um quilômetro de pavimentação.
Ônibus
Os usuários do transporte coletivo devem ficar atentos às mudanças dos pontos de ônibus. O ponto próximo à Fibromar será deslocado mais para frente e outro será criado em frente à Vessa Veículos - os dois no sentido Vitória-Vila Velha. Os demais pontos continuarão no mesmo local. Também não haverá alterações nas paradas dos ônibus que seguem no sentido Vila Velha-Vitória.
Não será permitido o estacionamento de veículos no trecho que será utilizado como desvio. O limite de velocidade no local será estipulado em 40 km/h. O prazo para conclusão das obras nos dois lados da rodovia é de 180 dias, incluindo a intervenção na pista contrária.
 

 

Festival de aeromodelismo no ES atrai mais de 2 mil pessoas

Público pôde conferir o maior aeromodelo tucano do mundo.Esteve presente no evento o bicampeão brasileiro de acrobacias.
Festival de aeromodelismo acontece em Linhares (Foto: Reprodução/TV Gazeta Norte)


Os pequenos aviões tomaram os céus de Linhares, Norte do Espírito Santo, neste final de semana. Aconteceu o 4º Festival Linharense de Aeromodelismo. Mais de 2 mil pessoas participaram do evento realizado na Fazenda Glória, localizada a cinco quilômetros da rodovia que liga o município ao Pontal do Ipiranga.
Apesar do mau tempo, os aeromodelos coloriram a paisagem. O destaque do festival foi um jato 3D automático. Vários mini helicópteros fizeram manobras arriscadas de tirar o fôlego dos espectadores.
Além disso, o público pôde conferir o maior aeromodelo tucano do mundo, que possui uma envergadura de quatro metros. Esteve presente no evento o bicampeão brasileiro de acrobacias Fábio Borges.

Pesquisar

Ocorreu um erro neste gadget

De o Osso ao Cachorrinho