26 de jun de 2011

Reticências



Adoro reticências!
Aqueles três pontos intermitentes
que insistem em dizer que nada está fechado,
que nada acabou,
que algo sempre está por vir!...
A vida se faz assim!
Nada pronto, nada definido.
Tudo sempre em construção.
Tudo ainda por se dizer...
Nascendo...
Brotando...
Sublimando...
Vivo assim...
Numa eterna reticência...
Para que colocar ponto final
?

Refletido



Refletido
Algumas palavras me vestem
Outras me desnudam...

Alguns abraços me retêm
Outros me libertam...

Sem sentido
Sem ter sido
Sem ser, fito
Refletido

Maria Regina

Carinho...


Não interrompa a manifestação de carinho a uma pessoa querida, só porque os outros o julgam errado.
Consulte sua consciência e não dê ouvidos às vozes da inveja e do ciúme.
O carinho é o óleo que lubrifica as engrenagens da vida, que já é dura por si mesma.
A vida sem afeição é um inferno, um deserto sem oásis.
Conserve seu carinho, dedicando-o às pessoas a quem você ama.
"Acreditar, não faz de ninguém um tolo. Tolo é quem mente"

"Tolerância"


Que eu tenha delicadeza para acolher aqueles que entrarem
na roda e sabedoria para abençoar aqueles que dela se retirarem.
Quero ter cuidado para não soltar a minha mão da mão da
generosidade, durante o percurso. E, quando soltá-la, pelas
distrações causadas pelo egoísmo, quero ter a atenção para
sincronizar o meu passo com o dela de novo. Quero ser respeitosa
com as limitações alheias e me recordar mais vezes o quanto é
trabalhoso amadurecer . Quero aprender a converter toda a energia
disponível às mudanças que me são necessárias, em vez de empregar
no julgamento das outras pessoas . Que as dificuldades que eu
enfrentar ao longo da jornada não me roubem a capacidade de
encanto. A coragem para me aproximar, um pouco mais a cada dia,
da realização do sonho que me move. A idéia de que a minha vida
possa somar no mundo, de alguma forma.

Pesquisar

Ocorreu um erro neste gadget

De o Osso ao Cachorrinho