15 de fev de 2012

Os benefícios de comer bananas

Um estudo realizado por três universidades, elegeu a banana como um dos alimentos mais completos e perfeitos na sua composição.
Saiba porquê…

A banana é um óptimo alimento enérgico:

A banana contém 3 açúcares naturais: a sacarose, a frutose e a glicose. Estes combinados com a fibra da banana, fornecem uma rápida absorção no organismo, fornecendo uma rápida e elevada dose de energia.
Pesquisas realizadas provam que apenas duas bananas são o suficiente para fornecer energia para 90 minutos de exercícios intensivos.
A banana é o alimento energético número 1 escolhido pela maioria dos atletas de alta competição.

A banana melhora a mente e o sistema nervoso:

200 Estudantes de uma escola de Twickenham, comeram bananas ao pequeno-almoço, lanche e almoço para aumentar a sua capacidade mental. Frutas com teor de potássio mais elevado aumentam a capacidade de aprendizagem e de atenção.
Estudos realizados pela Mind em pessoas que sofriam de depressão, revelaram-se positivos em pessoas que fizeram uma dieta rica em bananas. Estas sentiram-se mais bem dispostas e mais humoradas. Tudo isto acontece graças à proteína ‘triptofano”, uma proteína que o organismo converte em serotonina, um neuro-transmissor que melhora o humor e o bem-estar geral. Esta proteína, o ‘triptofano’, ajuda ainda aqueles que sofrem de Desordens Afectivas Ocasionais (DAO), já que aumenta, como já vimos, o estado natural do humor.
O stress também pode ser melhorado graças a um mineral vital para o nosso organismo – o potássio. Este normaliza o ritmo cardíaco, levando mais oxigénio ao cérebro e regulando o equilíbrio de água no corpo. Estas características são fundamentais para ajudar o organismo a regular os níveis de stress no dia-a-dia.
As bananas contém ainda vitamina B, uma vitamina que ajuda o sistema nervoso a estar mais estável.
Comer bananas é saudável

A banana melhora o sistema cardiovascular:

As bananas contém um nível elevado de potássio e um baixo nível de sódio, a combinação perfeita para combater a tensão arterial alta. A agência responsável pelo controle de alimentos e remédios dos Estados Unidos, autorizou as indústrias de bananas a informar oficialmente que estas reduzem o risco de tensão alta e o risco de morte por enfarte até 40%!

O ferro, outro constituinte das bananas, estimula a produção de hemoglobina no sangue, ajudando também pessoas com problemas de anemia.
A banana melhora também desordens intestinais:
Tal como já dissemos, as bananas são ricas em fibras. Estas ajudam a regular as funções intestinais, prevenindo e ajudando na prisão de ventre, por exemplo.
Este belo fruto têm um efeito antiácido natural. Problemas de azia podem ser evitados se comer uma banana ao final das refeições. Saiba aqui outras dicas para combater o problema da azia.
Caso sofra de problemas de úlcera crónica gástrica ou duodenal, pode consumir, sem problema algum, bananas durante a sua dieta diária. Estas ajudam a neutralizar a acidez do estômago, protegendo ainda as suas paredes.

A banana ajuda em outros problemas do dia-a-dia:

Uma das formas de curar uma ressaca é fazer uma mistura de banana, leite e mel. A banana acalma o estômago e juntamente com o mel ajuda a subir os níveis de açúcar no sangue. Saiba aqui mais dicas para combater a ressaca.
Se sofreu picadas de mosquitos, experimente esfregar a parte de dentro da casca da banana sobre a zona afectada. Muitas pessoas relatam bons resultados na redução da irritação e comichão.
Muitas culturas vêem a banana como uma fruta ‘refrescante’, que pode reduzir a temperatura física e emocional em mulheres grávidas. Em certos países nórdicos, as grávidas comem bananas para os bebés nascerem com temperatura equilibrada.
Pessoas que estão a largar o tabaco, podem ser ajudadas consumindo bananas. Os graus elevados de vitamina A1, C e B6 contidos nas bananas, ajudam o corpo a superar os efeitos da privação de nicotina no organismo.
Certos dermatologistas relatam casos de sucesso no combate às verrugas. Experimente você mesmo colocando a parte interna da banana sobre as verrugas, usando-as durante algumas horas no local afectado, presas com fita adesiva, por exemplo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar

Ocorreu um erro neste gadget

De o Osso ao Cachorrinho